Surreal


2020, foi um ano menos produtivo, devido a circunstancias que todos conhecemos, e que nos afetaram das mais variadas formas, ainda assim, tentei produzir, estas foram as obras que consegui produzir no ano em questão. "A dúvida", "auto..." e "Puro-sangue" onde prevalecem os tons quentes, com destaque para o vermelho, que remete mais uma vez ao visceral, e que tanto pode simbolizar a dor, como o desejo. O sangue que pulsa nas veias e representa a vida, ao extravasar pode representar a dor..


Um "apanhado" do que realizei em 2019. Um pouco mais presente o tema da maternidade neste ano, tive finalmente alguma disponibilidade para me dedicar à pintura sobre este tema. Trata-se da influência da minha experiência pessoal, o lado agri-doce, deste e outros aspetos da vida...


"Sobejamento", óleo sobre tela, 65 cm x 55 cm, 2018.
Coleção Particular.


"Até ao Tutano", óleo sobre tela, 30cm x 30 cm, 2016.
Disponível sob consulta.



(In)Finito, óleo sobre tela, 160 cm x 130 cm, 2015. Esta pintura foi iniciada com algumas sessões de pose simples, ao vivo, com a modelo sentada na cadeira, luz para si direcionada, sem grandes pretensões acerca da temática a tratar, apenas o ser humano. Ao longo do processo da pintura foram surgindo as reflexões, acerca da inação da personagem, quase em relaxamento, com o olhar dirigido para longe do espectador como que em estado contemplativo. A beleza da personagem jovem e feminina é exaltada pela luz, o foco na juventude, que tem um falso senso de imortalidade, mas o destino está traçado, o corpo definhará e desvanecerá e pouco fica da matéria (crânio).
Disponível sob consulta.



Pintura de encomenda, óleo sobre tela
(não me recordo das dimensões), 2014.
Coleção Particular.



 "Procura do equilíbrio", óleo sobre tela, 180 cm x 130 cm, 2012.
Disponível sob consulta.


"Resistência...", esferográfica sobre papel, 61 cm x 45,5 cm, 2012.
Coleção Particular.
  

"Volta!", esferográfica sobre papel, 50 cm x 40 cm, 2012.
Disponível sob consulta.


"Transformação", acrílico e óleo sobre tela, 33 cm x 16,5 cm, 2012.
Coleção Particular.



O obra que intitulei de "Germinação" resulta da recuperação de uma antigo trabalho, de 2006, à semelhança da obra "Contemplação", apresentada no separador "Retratos"...inicialmente tratava-se apenas de um rosto de perfil, com fundo neutro...aproveitando alguns momentos de inspiração transformei a obra na imagem apresentada em cima. A técnica é óleo sobre linho preparado, tem as dimensões 100 cm x 60 cm, e foi terminada em 2012.
Disponível sob consulta.



A obra "A saída?" resulta de várias técnicas sobre madeira, aquilo que chamo de técnica mista, tem 58cm  de altura por 49cm de largura, e foi realizada em 2011.
O fundo é texturado, resultado de colagens de vários papeis rasgados e sobreposição de camadas de tinta,  algumas chaves foram coladas, bem como espelhos (fechaduras), utilizei ainda pastel seco, de óleo e lápis de cera, por fim pintei o olho, com tintas de óleo.
Disponível sob consulta.


"Cá Dentro", acrílico e óleo sobre tela, 150 cm x 100 cm, 2011.
Disponível sob consulta.



"Equilíbrio", grafite sobre papel, 49,8 cm de altura por 39,8 cm de largura, 2011.
Obra de coleção particular, adquirida por Ulisses Relvas, no meu primeiro leilão online, em 2012.
"O resgate", óleo sobre tela, 70 cm x 50 cm, 2012. (Ver separador: Prémios)
Coleção Particular.



"Comdor", acrílico (Acrílex) sobre tela, 60 cm x 40 cm, 2011.
Disponível sob consulta.
"A espera", óleo sobre tela, 60 cm x 90 cm, 2011.
Coleção Particular.



 "Desperta Paixão", acrílico (textura criativa da Acrilex) sobre tela, 33 cm x 33cm, 2011.
Coleção Particular.



Esta obra que intitulei "Cura", resulta de uma nova experiência: utilizei pedaços de pano cru que pintei com vários materiais, e fui pregando à armação de madeira mas deixando sempre uns "rasgões" à vista, depois de bem seca pintei a imagem, a óleo, colei e cozi ainda, duas chaves, na parte inferior. A armação tem 81 cm x 60 cm. A parte inicial do trabalho já estava feita há bastante tempo, só este ano (2011) resolvi aproveitar e pintar a imagem.
Disponível sob consulta.



"Calor humano", acrílico e óleo sobre tela, 2011.
Disponível sob consulta.



"Acorda!", acrílico e óleo sobre tela, 2011.
Coleção Particular.


"Nostalgia", acrílico e óleo sobre tela, 40 cm x 80 cm, 2010.
Coleção Particular.



Tríptico de pequenas dimensões, 10,5 cm de altura por 8,5 cm de largura, desenhado a esferográfica e marcador, selecionado para a exposição "1st International Exhibition - Competition in Painting and Mixed media", realizada na "Lessedra Gallery and Comtemporary Art" em Sofia, Bulgária (2010).




"Introspeção", óleo sobre tela, 50 cm x 50 cm, 2009.
Coleção Particular.



Esboço para "Introspeção", 2009.



Obra realizada em 2009 para o concurso de pintura "Pintar a cidade de Ponte de Sor", em óleo sobre tela, com 65 cm de altura por 54 cm de largura.
Disponível sob consulta.



"Bodas", óleo sobre tela, 60 cm x 40 cm, 2008.
Quantos rostos vê no centro?
Coleção Particular.



 
Obra pintada para a 4ª Bienal de Artes Plásticas de Santa Catarina da Serra sob o tema "Mulher", com exposição em Fátima, no ano de 2007. A esta obra dei o título de "Natureza Feminina".

Óleo sobre tela, 50 cm x 50 cm, 2005.
Coleção Particular.




Técnica mista (pastel, aguarela) sobre papel.



Aqui em baixo, alguns desenhos sobre papel, a grafite, caneta, esferográfica, são desenhos resultantes do improviso ... alguns deles serviram-me de esboços para pinturas, gravuras...






-----------------------------------------------------------------------------------



Óleo sobre tela, 2001.





Experiência em acrílico, 2001. Orgulhei-me muito daquela mão, que na altura exigiu uma dedicação extrema. Recordo-me de a retocar inúmeras vezes até me dar por satisfeita.


Uma das minhas primeiras experiências de pintura a óleo sobre tela, iniciada em 1997, não satisfeita ainda com o resultado, voltei a retocá-la em 98 e 99.


Algures na minha adolescência, comecei a pintar! Esta foi a minha primeira experiência de grande dimensão até...parti para um pedaço grande (89 cm x 107 cm) de madeira platex, cheia de vontade e inspiração, sem ter a imagem totalmente definida de antecedência. Se bem me recordo, apenas tinha definido o rosto feminino e um corpo masculino, apartir daí toda a composição foi fluindo por meio de abstração, de forma livre...já não tenho a certeza,mas  penso que tinha uns 16 anos na altura!





Para adquirir alguma das obras disponíveis contacte:
silviamariet@gmail.com




Mensagens populares deste blogue